Indústria

Em nova campanha, ESPN ativa proximidade do retorno da NBA

O vídeo exibe fãs demonstrando seu amor pelo esporte de suas casas, improvisando tabelas de basquete com objetos domésticos

26 jun, 2020

A NBA prepara a quadra para retornar no dia 31 de julho. Enquanto os jogos não voltam, a ESPN, principal casa da NBA no Brasil, lançou uma campanha para demonstrar a saudade dos fãs em acompanhar as partidas da maior liga de basquete do mundo.

O vídeo exibe fãs demonstrando seu amor pelo esporte de suas casas, improvisando tabelas de basquete com objetos domésticos. Além da exibição nos perfis da ESPN, a peça também será exibida nos intervalos da programação dos canais Disney na TV paga.

Vale lembrar que a volta da NBA contará com sede única, em Orlando, na Flórida, com 22 equipes concentradas no ESPN Wide World of Sports Complex, no Walt Disney World Resort. Por questões de segurança, todos os cuidados com a saúde dos atletas e profissionais envolvidos nas partidas ficarão isolados no complexo, sem convivência social com o mundo exterior e realização de testes em larga escala.

Segundo a Disney, as três arenas presentes no local podem ser transformadas em 20 quadras de basquete. Sem público, será possível ter mais de uma partida oficial ao mesmo tempo, além de treinos de outras franquias. Existe também uma estrutura para as transmissões das partidas, o que simplificará o retorno para a NBA.

Vale lembrar que o ESPN Wide World of Sports não era a única opção da liga americana. Existia a possibilidade de ter jogos em Las Vegas ou até mesmo em outro complexo esportivo na Flórida, o IMG Academy. Pesou, no entanto, a expertise da Disney em grandes eventos e a proximidade comercial entre as duas partes.

Além da expectativa com a NBA, outros campeonatos internacionais retornaram nas últimas semanas, sempre em países em que os casos de coronavírus sofreram drástica queda e a situação está controlada. No futebol, campeonatos como a Bundesliga (Alemão), LaLiga (Espanhol), Liga NOS (Português) e Premier League (Inglês) retomaram suas atividades nas últimas semanas. Todos os torneios também estão na grade da ESPN.