Futebol

Grupo americano oferece € 3 bilhões por direitos da Serie A italiana

O interesse da Bain Capital é obter uma participação sobre a venda dos direitos internacionais de mídia da liga italiana

15 jun, 2020

Após o fundo americano CVC Capital Partners ser especulado como potencial comprador de parte dos direitos comerciais da Serie A italiana, agora chegou a vez de outra empresa dos EUA se juntar aos interessados.

Segundo a Bloomberg, a Bain Capital ofereceu € 3 bilhões por 25% de participação nos negócios da liga. À exemplo da oferta feita pela CVC, o maior interesse do fundo é obter uma participação sobre a venda dos direitos internacionais de mídia da Serie A.

Agora, a CVC tem até o fim de junho para exercer o direito de manter a oferta de € 2.2 bilhões por 20% de sociedade com a competição. De acordo com o atual ciclo de direitos de três anos da Série A, que expira no final da temporada 2020/2021, os acordos de direitos valem € 1.3 bilhão por ano.

De acordo com o site britânico SportsPro Media, o Blackstone, um terceiro fundo de investimentos americano, também está considerando a possibilidade de abrir negociações com a principal divisão do futebol italiano.

Enquanto isso, a Serie A fortalecer o seu portfólio de parceiras. Na semana passada, o futebol italiano fechou um acordo com a Coca-Cola para o title sponsor da atual temporada da Copa da Itália, que terá a final sendo disputada nesta quarta-feira (17), e ainda fará parte do portfólio de patrocinadores da Serie A na temporada 2020/2021.