Patrocínio

Sem envolver futebol, Berlim “patrocinará” equipes esportivas

A ajuda chega por meio de um pacote de resgate no valor de € 2,2 milhões que contemplará quase todas as modalidades

2 jun, 2020

Berlim anunciou que patrocinará os clubes esportivos profissionais locais para auxiliar no enfrentamento da crise econômica causada pela pandemia do coronavírus. A ajuda chega por meio de um pacote de resgate no valor de € 2,2 milhões que contemplará todas as modalidades esportivas, com exceção do futebol.

A informação foi dada pelo senador Andreas Geisel, que afirmou que o patrocínio se dará por meio de visibilidade nas camisas das equipes, visando promover a cidade-estado que é a capital e cidade mais visitada da Alemanha. A iniciativa segue a iniciativa de Ruanda com o Arsenal e o PSG, e do Manchester United com Malta, onde os clubes promovem os destinos para turismo global.

“Encontramos uma maneira de ajudar esses clubes e nos tornamos uma espécie de embaixadores dos clubes sediados na metrópole esportiva de Berlim. Trata-se de clubes passando por um período difícil, e eles são importantes para nós. Portanto, receberão uma ajuda da cidade na próxima temporada”, disse Geisel ao jornal Berliner Morgenpost.

As organizações contempladas são: Alba Berlin (basquete), o Berlin Foxes (handebol), o BR Volleys (vôlei) e o Berlin Polar Bears (hóquei no gelo). Aqueles que possuem contrato com um patrocinador máster em vigor terão a marca da cidade estampada em algum outro lugar da camisa, enquanto aqueles sem uma empresa parceira principal terão Berlim no espaço máster do uniforme.