Futebol

Turner Sports encerra acordo com a UEFA para transmissão da Champions League

Grupo ativará uma cláusula renunciando ao último ano do contrato com o torneio para o mercado americano

25 jun, 2020

De maneira surpreendente, a Turner Sports anunciou que encerrará seu acordo com a UEFA pelos direitos da UEFA Champions League para os Estados Unidos um ano antes do previsto. A informação foi dada com exclusividade pelo especializado Sports Business Journal.

Parceira da entidade europeia desde 2017, quando acertou a compra dos direitos, a Turner Sports ativará uma cláusula existente no contrato renunciando ao último ano do mesmo. Por conta da paralisação do futebol europeu pelo coronavírus, os 11 jogos restantes do atual ciclo podem não ser transmitidos pelo grupo. Não está descartado, porém, que a UEFA entre em acordo com a Turner para transmiti-los.

Em circunstâncias normais, as três principais operadoras de futebol da televisão americana, a NBC Sports, Fox Sports e ESPN, iniciariam uma disputa para conquistar os direitos. No entanto, as três empresas estão em contenção de custos por conta da pandemia. Além do trio, a publicação destaca que Amazon, DAZN e a CBS podem entrar na concorrência.

Vale lembrar que a CBS conquistou os direitos de exibir a Liga dos Campeões nos EUA a partir da temporada 2021/2022. Por conta disso, a UEFA deve buscar outras interessadas em adquirir os direitos de 2020/2021, sem descartar a futura parceira.

A Champions League retornará nos dias 7 e 8 de agosto, com as partidas de volta das oitavas de final que não foram disputadas em março. Com os quadrifinalistas definidos, o torneio terá quartas de final, semifinais e final realizadas em sistema de jogo único entre 12 e 23 de agosto. Para estas três fases, ficou definido que Lisboa, em Portugal, servirá como sede única, com as casas do Benfica (Estádio da Luz) e do Sporting (Estádio José Alvalade) recebendo as partidas com portões fechados.

A grande final será em 23 de agosto, no Estádio da Luz, que já havia recebido a decisão do torneio na temporada 2013/2014, quando o Real Madrid bateu o Atlético de Madrid por 4 a 1 na prorrogação.