Indústria

Ajinomoto do Brasil anuncia novos atletas para o Time Ajinomoto

A empresa divulgou mais 12 nomes que se integrarão aos outros 22 que já faziam parte da lista

31 jul, 2020

Há dois meses e meio, em meio à pandemia do Covid-19 e o adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio, a Ajinomoto estendeu até o final de 2021 todos os aportes que já fazia desde julho do ano passado, quando lançou o Projeto Vitória e criou o Time Ajinomoto. Agora, a marca anunciou a inclusão de mais 12 atletas e paratletas em sua equipe, subindo para 34 integrantes que receberão apoio até o fim do ciclo dos eventos que serão realizados no próximo ano.

“Em maio deste ano, já tínhamos anunciado o prolongamento do apoio aos atletas que integravam a equipe originalmente e agora estamos muito felizes em anunciar o crescimento do Time Ajinomoto. Sabemos que o mundo atravessa um momento de incertezas e questionamentos, mas nossa proposta sempre foi apoiar e auxiliar o fortalecimento do esporte brasileiro e esse é mais um passo nessa direção. Acreditamos no talento e potencial dos atletas nacionais, por isso essa expansão sempre esteve em nossos planos. O Time Ajinomoto é como uma família empenhada em fazer cada membro evoluir ao máximo e realizar seus sonhos”, disse a gerente de Comunicação da Ajinomoto do Brasil, Priscila Santana.

O anúncio oficial da ampliação do Time Ajinomoto foi feito em evento online. A nutricionista esportiva e consultora da Ajinomoto do Brasil, Caroline Yoshioka, conduziu a cerimônia, que reuniu os atletas que já faziam parte do Time desde 2019 e os novos integrantes. Entre os novos integrantes, estão Milena Titoneli (taekwondo), Larissa Pimenta (judô), Andreia Hessel (maratona) e Alan Fonteles (atletismo paralímpico). Eles se juntam a Arthur Nory (ginástica artística), Rafael Silva, o Baby, (judô), Ana Marcela Cunha (maratona aquática), Rosângela Santos (atletismo), Douglas Brose (karatê), Verônica Hipólito (atletismo paralímpico) e outros nomes de diversas modalidades.

“Estou muito feliz por entrar para o Time Ajinomoto. A existência do Projeto Vitória é muito importante e está contribuindo muito para o crescimento de todo o esporte nacional. Eu darei meu melhor para contribuir com o Projeto da melhor forma!”, disse Milena Titoneli, medalha de bronze no Mundial de taekwondo em 2019.

“Esse é um momento importante para mim e para o esporte brasileiro porque fazer parte do Time Ajinomoto significa muito. Fico feliz por ver uma iniciativa como o Projeto Vitória crescendo e contribuindo para o desenvolvimento do esporte olímpico e paralímpico brasileiro”, completou Alan Fonteles, três vezes medalhista paralímpico (ouro em Londres e prata em Pequim e no Rio).

“Queremos estar com eles em Tóquio e nas próximas edições dos Jogos. Mas para nós, da Ajinomoto do Brasil, o Projeto Vitória vai além da busca por medalhas. Acreditamos na importância do esporte como ferramenta de desenvolvimento social e nosso pódio é a evolução plena de cada indivíduo”, finalizou Priscila.

Lançado oficialmente em 2 de julho do ano passado, o Projeto Vitória é uma ação global do Grupo Ajinomoto iniciada no Japão, em 2003, e oferece a todos os integrantes da equipe suporte nutricional e acesso ao programa de educação nutricional que incentiva uma alimentação equilibrada, adequada às necessidades específicas de cada atleta, como um pilar importante além do treino e do descanso.

Para estreitar o relacionamento com os atletas por meio do Projeto Vitória, a Ajinomoto do Brasil também mantém parcerias e apoios ao Comitê Olímpico do Brasil (COB), ao Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e à Federação Paulista de Judô.