Redes Sociais

Goiás junta-se à Dugout para aumentar a sua oferta digital

Time segue um conjunto de clubes brasileiros que já estão na plataforma, como Flamengo, Corinthians, Santos, Vasco, Coritiba e Chapecoense

21 jul, 2020

O Goiás fechou um acordo com a plataforma de distribuição de conteúdos digitais de futebol Dugout. O clube goiano utilizará a plataforma britânica para exibir conteúdos de arquivo e originais de alta qualidade, sendo parte de um portfólio de clubes que já conta com Flamengo, Corinthians, Santos, Vasco, Coritiba e Chapecoense.

Pelo contrato, o Goiás terá canais dedicados na plataforma Dugout.com e no aplicativo Dugout, e se beneficiará da extensa rede de veículos de comunicação premium da Dugout para aumentar o alcance dos conteúdos do clube internacionalmente.

“O Goiás Esporte Clube tem um conjunto de torcedores alargado, dentro e fora do Brasil, que agora têm a oportunidade de se relacionar com o seu clube. A Dugout está crescendo no Brasil e na América do Sul, e trabalhando lado a lado com os seus clubes parceiros irá trazer os melhores conteúdos que este continente tem para oferecer à nossa audiência global de torcedores de futebol”, disse Elliot Richardson, cofundador e presidente da Dugout.

“Juntarmo-nos à Dugout e lançar os nossos canais dedicados na plataforma é uma forma inovadora de fazer crescer a presença digital do Goiás Esporte Clube. Estamos sempre em busca de formas de melhorar a nossa oferta aos torcedores e, através da Dugout, eles têm agora uma nova forma de se relacionarem com os nossos jogadores ao mesmo tempo que mostramos o nosso clube a uma audiência global”, completou Marcelo Almeida, presidente do clube.

No comunicado enviado à imprensa, a empresa destacou alguns nomes da história esmeraldina como Grafite, Josué, Fernandão, Dill, Harlei, Araújo, Paulo Baier e Iarley, assim como Sandro, que teve uma passagem pelo Tottenham e hoje atua com a camisa do Goiás.

Fora do país, a Dugout possui parcerias com alguns dos maiores clubes europeus, como Arsenal, Barcelona, Bayern de Munique, Chelsea, Juventus, Liverpool, Manchester City, Milan, Paris Saint-Germain e Real Madrid.