Futebol

DAZN renova acordo com J-League e vira sócio da liga japonesa

Plataforma de streaming seguirá na transmissão do futebol japonês até 2028 a partir de um novo modelo de negócio

DAZN renova acordo com J-League e vira sócio da liga japonesa

26 de agosto de 2020

2 minutos de Leitura

O DAZN e a J-League, a liga japonesa de futebol, renovaram a parceria iniciada em 2016 até 2028 com uma importante mudança no contrato.

Com o novo acordo, a liga deixará de receber um valor fixo pela venda dos direitos de transmissão e passará a ser sócia no lucro do DAZN dentro da operação. O acordo segue um modelo já praticado por gravadoras e serviços de streaming de música on-line.

A nova aliança vê a J-League receber uma taxa de direitos menor em 12 anos (de US$ 200 milhões para cerca de US$ 175 milhões anuais), mas o acordo apresenta um modelo de participação nos lucros baseado em incentivos que poderão aumentar ainda mais o valor acordado.

“Em última análise, o negócio é formar parcerias de longo prazo. Não poderíamos pedir um parceiro melhor do que a J-League. Estamos abrindo caminho em uma parceria inovadora de risco e recompensa. Estamos aprofundando nossos investimentos em mercados centrais, como o Japão, porque acreditamos na J-League, no valor dos esportes japoneses e na inspiração da próxima geração de fãs de esportes do país”, disse James Rushton, CEO do DAZN Group.

“O coronavírus atrapalhou nossa estratégia de crescimento de médio prazo, mas podemos restaurar esses planos estendendo nosso contrato com o DAZN. Quando a J. League e as ligas europeias foram suspensas, estávamos em contato próximo com o DAZN e essas discussões levaram a este acordo”, completou o presidente J. League, Mitsuru Murai.

O aumento das receitas da J-League não só tem permitido que os clubes gastem mais com jogadores badalados, como Andres Iniesta e Fernando Torres, mas também tem feito a liga dar saltos significativos em termos de estratégias de marketing e promoção.

Compartilhe