Streaming

Olympic Channel supera 3.3 bilhões de visualizações em todas plataformas

A OTT do COI produziu mais de 25 mil vídeos representando todas as modalidades dos esportes olímpicos

25 ago, 2020

O adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio para 2021 não impactou o consumo de conteúdo oriundo da plataforma do Comitê Olímpico Internacional (COI), o Olympic Channel.

Nos quatro anos desde seu lançamento em 21 de agosto de 2016, a OTT da entidade produziu mais de 25 mil vídeos representando todas as modalidades dos esportes olímpicos e 206 países, incluindo 76 séries e filmes originais, resultando em mais de 3,3 bilhões visualizações em todas as plataformas. O tempo médio de exibição na plataforma é de 8:05 minutos por vídeo assistido.

Já nas redes sociais, a comunidade do Olympic Channel cresceu para mais de 10.4 milhões, com 74,9% dos que se engajam com conteúdo nos perfis com menos de 35 anos. Com sessões de treinamento virtual com a presença de 141 atletas de 47 países para a comemoração do Dia Olímpico, no dia 23 de junho, o canal atraiu mais de 14.5 milhões de interações.

“Ao longo de quatro anos, o Olympic Channel fez grandes avanços para alcançar fãs e públicos mais jovens e onde e como eles consomem conteúdo, fornecendo materiais mais personalizado em várias plataformas. Com menos de um ano para ir para Tóquio 2020, agora ocorrendo em 2021, esperamos outro ano recorde à frente, à medida que a equipe do Canal continua a criar entusiasmo para os Jogos Olímpicos no Japão e para um público mundial”, disse Juan Antonio Samaranch, presidente do Olympic Channel Services.

A distribuição em 12 idiomas de todo o conteúdo criado pela OTT também aumentou por meio da implementação de uma estratégia de multiplataforma que inclui o ecossistema digital de Tóquio 2020, olympic.org e o próprio Olympic Channel.