Patrocínio

NBA pode liberar patrocínio na camisa de treino das equipes

Movimento da liga de basquete visa diminuir o impacto financeiro causado pela pandemia

15 set, 2020

Como forma de minimizar o impacto financeiro causado pela pandemia, a NBA está próxima de liberar a entrada de patrocinadores na camisa de treino das franquias. A informação é do portal The Athletic.

O objetivo da liga é que novas oportunidades de negócio surjam para os times diante de um cenário de diminuição de receitas e prejuízos.

Vale lembrar que o patrocínio de camisa já está aprovado desde 2017. Em média, as empresas investem aproximadamente US$ 10 milhões por temporada pela exposição nas jerseys. Na liderança deste quesito está o Golden State Warriors, que fatura US$ 20 milhões anuais a partir de sua parceria com a gigante Rakuten.

De acordo com a publicação, o investimento das marcas seria menor se comparado ao que é praticado nos uniformes de jogo, mas há expectativa que o tamanho do logotipo nas peças possa ser maior por se tratar de um kit de treinamento.

O movimento de ampliar a entrega aos patrocinadores por parte das equipes iniciou em junho. A Major League Baseball (MLB), por exemplo, está em um processo avançado para permitir a presença de patrocinadores nas camisas de jogo das franquias nas temporadas de 2020 e 2021. Já a Major League Soccer, autorizou que as equipes negociem espaço no calção como forma de compensar as perdas financeiras causadas pela pandemia do coronavírus.