Indústria

SBT anuncia que transmitirá Libertadores até 2022

A venda dos direitos foi realizada na parceria entre as agências FC Diez Media e IMG

10 set, 2020

Agora é oficial: o SBT terá a transmissão da Copa Libertadores na TV aberta até 2022. O acerto foi oficializado pela Conmebol nesta quinta-feira (10).

A venda destes direitos foi realizada na parceria entre as agências FC Diez Media e IMG, que assumiram a renegociação depois que o Grupo Globo rescindiu o contrato de direitos unilateralmente, cuja vigência ia até 2022.

“Temos o prazer de apresentar o SBT como novo detentor dos direitos televisivos da Conmebol Libertadores para o Brasil. Esta aliança nos permitirá levar a emoção da Glória Eterna a mais torcedores no território brasileiro”, disse em comunicado Juan Emilio Roa, Diretor Comercial da Conmebol.

“É muito bom poder anunciar esta parceria. Sabemos que o futebol é o esporte mais popular no Brasil e, como somos também uma emissora popular, nada melhor do que podermos voltar às transmissões nacionais com um torneio como a Libertadores. Esperamos corresponder às expectativas dos fãs do futebol, do mercado publicitário e de todos aqueles que torcem pelo SBT”, disse em nota José Roberto dos Santos Maciel, CEO do SBT.

Como a redução do valor de contrato não foi aceita pela Conmebol, o SBT deve pagar a mesma quantia que seria paga previamente pela Globo. Cerca de U$ 60 milhões devem ser pagos pela emissora de Silvio Santos por ano à entidade para a exibição dos jogos.

As transmissões já começam no próximo dia 16 de setembro, com dois jogos ao vivo a partir das 21h30: Universidade Católica x Grêmio e Bolivar x Palmeiras. O SBT terá direito a até dois jogos por rodada da fase de grupos, sempre às 21h30 da quarta-feira.