Tecnologia

Minnesota Vikings usa inteligência artificial para relacionamento com torcedor

Em parceria com uma empresa do setor, equipe terá um sistema operacional de bate-papo voltado a levar o fã a uma experiência de compra

24 out, 2020

O Minnesota Vikings, da NFL, anunciou um acordo com a GameOn Technology para estreitar o relacionamento com o seu torcedor. Pelo contrato, a GameOn oferecerá um sistema operacional de bate-papo voltado a levar o fã a uma experiência de compra.

A empresa usa um sistema de inteligência artificial que substitui respostas automatizadas por diálogos mais sensíveis com os torcedores. O objetivo é, se o torcedor pesquisar regularmente sobre um determinado jogador, o sistema automaticamente identifica o interesse dele pelo atleta e oferece a venda de uma camisa oficial com o nome e o número dele.

“Devido à natureza única desta temporada, muitos de nossos pontos de contato normais mudaram para o digital. Da mesma forma, o conteúdo e o envolvimento das mídias sociais se tornaram mais importantes do que nunca. Queremos fornecer ótimo conteúdo e interagir com nossos fãs nas plataformas que estão usando. Podemos usar o chat para fornecer atualizações de pontuação, estatísticas e conteúdo através do Facebook Messenger. Mas continuaremos adicionando recursos e desenvolvendo o produto ao longo do tempo, adaptando-o ainda mais para atender às necessidades de nossos fãs e fornecer o conteúdo que eles procuram”, comentou Scott Kegley, diretor executivo de inovação e digital dos Vikings, ao site PYMNTS.com.

“O mundo inteiro mudou, e quando falamos com a equipe sobre isso, tivemos que considerar os problemas que eles e seus fãs estavam tendo. Muito disso teve a ver com envolver os fãs e fazer com que se sentissem mais próximos do time. Uma maneira de fazer isso é mantê-los em um aplicativo de que gostem e exibir conteúdo regularmente, sem obrigá-los a procurá-lo constantemente”, completou Alex Beckman, CEO da GameOn

A GameOn tem se especializado em criar soluções de conversação com inteligência artificial para entidades esportivas. No esporte, a empresa tem em seu portfólio de clientes o Arsenal, da Premier League, a NBA e a PGA.

“Sentimos que desenvolvemos uma gravidade natural para a plataforma da qual quase todas as empresas podem se beneficiar. Por exemplo, considere uma equipe do Arsenal que tem 80 milhões de seguidores no Facebook. Quando eles lançaram o botão “iniciar mensagens”, vimos dezenas de milhares de pessoas começarem a conversar por dia. E vimos taxas de engajamento e taxas de retenção acima de 60%. Queríamos manter altas essas taxas de retenção e de aquisição de usuários. Quando você começa a fazer as contas, rapidamente se torna uma base de usuários empolgante”, finalizou Beckman.