Indústria

NBA registra queda de 10% no faturamento

Sem público e jogos em locais neutros, bilheteria e patrocínios foram as frentes mais impactadas

NBA registra queda de 10% no faturamento

30 de outubro de 2020

1 minutos de Leitura

Com uma temporada realizada em meio à pandemia do coronavírus, a NBA registrou queda de US$ 800 milhões no faturamento. Os ingressos, claro, foram os responsáveis pelo cenário. A queda total foi de cerca de 10% dos números obtidos no período anterior, quando a entidade faturou US$ 8.3 bilhões.

Além dos ingressos, a NBA deixou de faturar US$ 400 milhões com patrocínios. Sem público nos ginásios e os jogos acontecendo em um local neutro, menores foram as possibilidades de ativação.

Mesmo com os números negativos, a NBA pôde celebrar o sucesso da bolha criada em Orlando para a realização dos jogos eliminatórios da temporada. Com essa medida, a NBA calcula que tenha salvado US$ 1,5 bilhão.

Agora, a NBA já começa a planejar a temporada 2020/2021. Caso ela seja iniciada no final deste ano, ela não será paralisada pelos Jogos Olímpicos de Tóquio e não terá a concorrência do início da NFL. Por outro lado, a ausência de público ainda será um entrave para os planos da liga.

Compartilhe