Indústria

Após 55 anos, Super Bowl LV será o primeiro sem dinheiro da história

Fruto de sua parceria com a Visa, NFL utilizará apenas métodos de pagamento sem contato

24 nov, 2020

Pela primeira vez em 55 anos, o Super Bowl LV não aceitará dinheiro. O MKTEsportivo já hava noticiado este desejo em janeiro de 2019. A NFL afirmou que tornará a partida totalmente digital com o apoio da Visa, sua patrocinadora. Desta maneira, o Super Bowl LV, em Tampa Bay, usará apenas métodos de pagamento sem contato e nos eventos de experiência do torcedor.

Apesar da pandemia da Covid-19 tenha acelerado o abandono do dinheiro em espécie, a decisão de digitalizar o processo de pagamento já estava sendo discutido há um bom tempo. Como parte da renovação do contrato em 2019, a Visa já estava convertendo os principais eventos da liga em ambientes sem dinheiro. O novo acordo é válido até 2025.

“Um Super Bowl sem dinheiro era o principal objetivo do nosso novo contrato. O plano era chegar a um Super Bowl sem dinheiro em cinco anos, e estamos fazendo isso em menos de dois”, disse Mary Ann Reilly, vice-presidente sênior da Visa para a divisão de marketing da América do Norte.

Reilly completou afirmando que os torcedores poderão trazer dinheiro e convertê-lo em cartões pré-pagos de até US $ 500 cada por meio de oito “caixas eletrônicos reversos” em todo o estádio e nas áreas de hospitalidade do Super Bowl, que será realizada ao ar livre.

Segundo uma pesquisa feita pela Visa, fãs em eventos ao vivo gastam 25% a mais quando usam pagamentos sem contato. A mudança tabém permitirá que a NFL colete dados mais eficientes sobre o comportamento do consumidor.