Patrocínio

Under Armour encerra acordo e deixa Universidade de Cincinnati

Fim da relação é parte das medidas contínuas de redução de custos da marca em meio à pandemia do coronavírus

20 nov, 2020

A Under Armour irá rescindir o seu contrato de patrocínio de dez anos com a Universidade de Cincinnati como parte das medidas contínuas de redução de custos em meio à pandemia do coronavírus. O acordo girava em torno de US$ 50 milhões.

De acordo com o Baltimore Business Journal (BBJ), a marca de roupas esportivas com sede em Baltimore chegou a um “acordo de compra e venda” que verá seus laços formais com a escola terminarem quatro anos antes.

As partes estavam juntas desde julho de 2015, quando firmaram um patrocínio válido até 2025. Nele, ficou acordado que a Under Armour pagaria à universidade mais de US$ 1 milhão por ano, além de fornecer mais de US$ 3 milhões em equipamento anualmente.

O contrato de compra e venda, segundo o BBJ, verá a marca pagar uma taxa de saída de US$ 9.75 milhões em oito prestações até abril de 2022, além de continuar a fornecer US$ 3.65 milhões de produto à universidade até o final de junho de 2021.