Tecnologia

AB InBev monta equipe feminina no FIFA 21 a partir de avatares masculinos

Marca de bebidas colombiana quer que mulheres se sintam identificadas e representadas dentro do jogo de futebol da EA Sports

21 dez, 2020

Em sua nova campanha, a AB InBev faz um importante alerta sobre a falta de representatividade das mulheres dentro do FIFA, já que elas não podem criar avatares que se pareçam com elas no jogo.

A iniciativa partiu da Pony Malta, uma marca de bebidas para adolescentes vendida na Colômbia, que mostra que apenas avatares masculinos estão disponíveis no modo carreira do game de futebol da EA Sports.

LEIA TAMBÉM: Burger King patrocinará time feminino do Stevenage e muda para Burger Queen

Desta maneira, a Pony Malta decidiu driblar esta “impossibilidade” e criou atletas que pareciam mais com as meninas. Como? Escolhendo avatares masculinos com cabelos longos e traços mais femininos. O nome da equipe? She F.C. (Ela F.C.)

“Quando descobrimos o problema dentro do jogo, sabíamos que precisávamos fazer algo a respeito. She F.C é uma forma de dar às meninas e mulheres o lugar que merecem no jogo: a oportunidade de jogar em grandes clubes e ganhar torneios mundiais”, disse o chefe de criação da agência, Carlos Andrés Rodríguez.

“A essência do Pony Malta é inspirar os adolescentes a alcançar a melhor versão de si mesmos. Para isso, precisamos criar ambientes seguros para eles, com oportunidades iguais para homens e mulheres. She F.C. é um apelo à FIFA para ajudar meninas e mulheres a se sentirem identificadas e representadas, e esperamos que as pessoas se juntem ao movimento”, completou Juan Alonso Torres, diretor de marketing de bebidas não alcoólicas da ABInBev na Colômbia.

Indo além de uma campanha de alerta, a marca ainda criou uma petição pedindo aos criadores do FIFA que incluam mulheres no modo de carreira do jogo.