Atletas

Para concorrer com Nike, Stephen Curry terá marca própria com Under Armour

A Curry Brand terá calçados e roupas de basquete, bem como trajes para golfe

1 dez, 2020

Stephen Curry e a Under Amour lançarão uma nova marca: a Curry Brand. Trata-se de uma forte ofensiva da empresa esportiva para dialogar diretamente com o público jovem e concorrer diretamente com a Nike, mais precisamente, com a Jordan Brand.

“Isso dá a Stephen algo em que realmente se envolver. Ele estará ativamente envolvido no desenvolvimento do produto. E estamos muito entusiasmados em ver um de nossos atletas tão envolvido no produto”, disse o presidente-executivo da Under Armour, Patrik Frisk, à CNBC

A linha terá calçados e roupas de basquete, bem como trajes para golfe. No futuro, a nova marca pretende expandir para outras categorias , como running e peças para mulheres. O armador irá investir parte da receita anual da Curry Brand em comunidades carentes.

“Temos um objetivo comum de desbloquear o jogo para as crianças, então esse se tornou um lugar natural para nos concentrarmos. Eu cresci fazendo muitas coisas para retribuir à comunidade com minha família, e continuo agora, enquanto a Under Armour tem feito muito para apoiar atletas ao redor do mundo”, destacou Curry no anúncio.

O objetivo da Curry Brand será, até 2025, criar pelo menos 20 locais seguros para jogar, apoiar 125 programas que impactam jovens atletas e oferecer oportunidades de capacitação para 15 mil treinadores, causando um impacto geral em mais de 100 mil jovens.

“A Curry Brand tratará de fazer o bem em tudo. Eu tentei incorporar isso em minhas próprias ações e acho que também é algo que outras pessoas podem realmente apoiar, não importa onde estejam na vida ou quais sejam seus objetivos, esportes ou o que for. Todos nós temos a capacidade de impactar a próxima pessoa e retribuir de alguma forma, e isso é mais importante agora do que nunca”, completou o astro do Golden State Warriors.

Curry é embaixador da Under Armour desde 2013 e tem um acordo com a empresa até 2024.