Atletas

Após 18 anos, LeBron James deixa Coca-Cola e se aproxima da PepsiCo

Jogador será o principal garoto-propaganda da próxima linha “Rise Energy” da Mountain Dew

16 jan, 2021

LeBron James está em negociações avançadas com a PepsiCo após dezoito anos de parceria com a Coca-Cola. Segundo o portal Front Office Sports, King James James será o principal garoto-propaganda da próxima linha “Rise Energy” da Mountain Dew, um refrigerante cuja característica é sua cor verde-limão.

Na marca, o astro do Los Angeles Lakers encontrará outros grandes nomes da NBA, como Zion Williamson, Joel Embiid, Jamal Murray e A’ja Wilson, dos Las Vegas Aces. O acordo ainda pode incluir uma integração com a Blaze Pizza, que atualmente oferece produtos da Coca-Cola em suas mais de 300 unidades. LeBron James possui uma participação de 10% na rede.

Sobre o assunto, a Coca-Cola se posicionou à Front Office Sports afirmando que o jogador não é mais seu embaixador desde o último mês de setembro.

“O contrato de Lebron James surgiu em um momento em que ele e a The Coca-Cola Company estavam revisando ativamente todos os seus recursos para garantir que estavam investindo em lugares que garantiam o crescimento a longo prazo. Depois de muitas discussões com Lebron e sua equipe, concordamos mutuamente em nos separar”, informou a marca.

A relação de LeBron com a Coca iniciou em 2003, ano que ele se tornou a escolha nº 1 do draft. Desde então, o jogador foi rosto marcantes de campanhas para a Sprite e Powerade. Em 2014, a gigante das bebidas deu ao King James sua própria bebida exclusiva, a Sprite 6 Mix de LeBron James.

Quando confirmado, será uma considerável ampliação da PepsiCo no basquete americano. Em 2015, a Pepsi substituiu a Coca-Cola como parceira oficial de alimentos e bebidas da NBA e WNBA, encerrando uma relação de quase três décadas entre a liga e a marca.