Patrocínio

Bmg nega acordo para deixar máster do Atlético Mineiro

Segundo a empresa, não houve ainda um acordo para a mudança apresentada pelo clube

9 jan, 2021

Horas depois do Atlético Mineiro anunciar o site de apostas esportivas Betano no espaço máster do seu futebol, o BMG, que ocupa o local atualmente, soltou comunicado para informar que não está de acordo com a situação.

Segundo a instituição financeira, ainda não houve um acordo para a mudança de local anunciada pelo clube: do máster para as costas do uniforme. Segundo o Bmg, a marca permanece como patrocinadora máster do clube mineiro. No comunicado, a companhia afirma que “segue dialogando” com a agremiação.

O Atlético Mineiro apresentou a Betano em um vídeo em que as imagens destacam o logotipo do Bmg nas costas da camisa atleticana. O banco investe R$ 13 milhões anuais fixos para ser o principal patrocinador da equipe, além de variáveis por contas abertas por torcedores.

Especula-se que, por conta dos pagamentos feitos em Euro, a Betano investirá mais no clube mineiro. O tempo e os valores de contrato do novo parceiro não foram divulgados.

BMG e Atlético mantém uma relação longa. O banco já foi patrocinador do clube no início da década, além de participar ativamente nas negociações de jogadores. Ricardo Guimarães, dono da empresa, é conselheiro do clube e chegou a presidir a entidade na década de 2000.

Abaixo, a mensagem do Bmg na íntegra:

“A respeito do anúncio realizado na tarde de hoje, pelo Clube Atlético Mineiro, de que uma nova marca será estampada na camisa do time principal de futebol profissional, o Banco Bmg informa que até o presente momento, e em conformidade com o contrato assinado nas últimas negociações, mantém a sua posição como patrocinador máster e segue dialogando sobre novas possibilidades que sejam positivas para ambos em relação às cotas de patrocínio para 2021.”