Indústria

San Francisco 49ers amplia participação no Leeds United

A 49ers Enterprises passou de 15% para 37% de ações no clube inglês

25 jan, 2021

O San Francisco 49ers, na figura do seu CEO, Jed York, ampliou sua participação minoritária no Leeds United, que é administrado pela 49ers Enterprises. Agora, a companhia terá 37%. Este novo investimento também vê Paraag Marathe, presidente da 49ers Enterprises e atual membro do Conselho da LUFC, tornar-se vice-presidente do Leeds United.

“Estamos muito satisfeitos por receber mais investimentos da 49ers Enterprises em nosso clube e estou confiante de que esta última parceria ajudará o Leeds United a continuar a crescer e se transformar no time que nossos torcedores merecem. Sempre estive aberto a trazer parceiros nessa jornada, desde que essas ações possam beneficiar a estratégia de longo prazo do clube”, disse Andrea Radrizzani, presidente do clube inglês.

Ao longo de sua gestão no 49ers, Marathe ocupou vários cargos de liderança estratégica na franquia. Como vice-presidente executivo de operações de futebol, o executivo é muito respeitado em gestão de contratos e negociações, com vasta experiência em todos os aspectos de uma organização esportiva global. Enquanto servia como diretor de operações e presidente de equipe do 49ers, Marathe supervisionou o processo de construção do Levi’s Stadium.

O anúncio baseia-se em uma parceria estratégica e participação acionária iniciada em 2018, quando a 49ers Enterprises comprou 15% do Leeds. Presidente e controlador do Leeds United desde 2017, Radrizzani continua a ser o acionista majoritário do clube da Premier League inglesa.

Os três anos de colaboração entre o Leeds United e a 49ers Enterprises viram o clube crescer significativamente, registrando receitas comerciais recordes, além de sucessivos acessos nos escalões do futebol inglês.

“Agora que alcançamos a promoção e demos um início positivo para a nova campanha, não há melhor momento para olhar para o futuro, pois pretendemos levar este clube de futebol para o próximo nível, inicialmente nos tornando uma presença estabelecida na Premier League antes de perseguir nossos sonhos de levar o Leeds United de volta à Europa”, acrescentou Radrizzani.