Indústria

Adriana Behar é a nova CEO da Confederação Brasileira de Vôlei

Aos 51 anos, a ex-atleta assume o cargo que pertencia anteriormente a Radamés Lattari

3 fev, 2021

Adriana Behar, medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Sydney e de Atenas, é a nova CEO da Confederação Brasileira de Vôlei. A ex-atleta assumirá a função a partir do dia 1 de março.

“Tenho certeza de que tenho pela frente um desafio enorme, para o qual me preparei nos últimos anos. Me sinto pronta para ser um dos vetores de transformação para ajudar o presidente Toroca e o Radamés Lattari no processo de modernização e reestruturação da CBV”, afirmou Behar.

Behar assume a cadeira que pertencia anteriormente a Radamés Lattari. De acordo com a CBV, ao deixar o cargo, Lattari indicou a ex-atleta para a função. Agora, o ex-CEO terá a função de ser vice-presidente da entidade.

“É uma enorme alegria ter uma atleta do nível da Adriana na função de principal executiva da CBV. Tenho certeza de que ela se preparou para esta missão e terá todo o respaldo para realizar as transformações necessárias para que o vôlei brasileiro siga sua trajetória de sucesso”, completou o presidente da CBV, Walter Pitombo Laranjeiras.

Com a novidade, as mulheres ganham cada vez mais protagonismo na indústria do esporte. Além de Adriana Behar na CBV, a Confederação Brasileira de Rugby (CBRu) anunciou recentemente Mariana Miné para o cargo de CEO.