Indústria

Jornalistas lançam projeto de séries colecionáveis do esporte brasileiro

'Memorabília do Esporte' inaugura um segmento de coleções temáticas de tiragens limitadas

Jornalistas lançam projeto de séries colecionáveis do esporte brasileiro

23 de fevereiro de 2021

3 minutos de Leitura

Resgatar histórias, celebrar momentos e eternizar ídolos. Assim os jornalistas Bruno Neves e Samy Vaisman criaram a ‘Memorabília do Esporte’ (MDE). O projeto nasce com a proposta de criar séries colecionáveis exclusivas.

Com conceito inédito no país, a MDE inaugura um segmento de coleções temáticas de tiragens limitadas em lançamentos de projetos únicos, voltados para o esporte nacional, e que tem como parceira a certificadora SportsBília Brasil, atestando a autenticidade dos itens. O site oficial da MDE já está no ar e, entre os lançamentos do primeiro semestre de 2021, projetos que trazem como protagonistas Oscar Schmidt, a ‘Geração de Ouro’ do vôlei masculino (Barcelona-1992) e Dadá Maravilha (ídolo do Atlético-MG).

“O brasileiro adora colecionar: moedas, chaveiros, bolas, bonecos, bonés, camisas… Estamos apresentando um conceito diferente, buscamos as melhores referências para criar projetos inéditos, únicos e autênticos. Conversamos com esportistas de diversas modalidades, amigos amantes do esporte e muitos colecionadores nesses últimos meses, e a receptividade foi fantástica. Isso só aumentou a nossa expectativa. O conceito de memorabília remete a algo especial, a uma memória afetiva, nos motiva a relembrar conquistas, recontar histórias e eternizar grandes nomes”, disse Vaisman, com mais de 20 anos de experiência como gestor de comunicação no meio do esporte.

Em 2021, abrindo o ano dos Jogos de Tóquio, duas homenagens olímpicas: 25 anos da despedida de Oscar Schmidt com a camisa do Brasil (Atlanta-1996) e o feito da Seleção Brasileira de vôlei masculino, que conquistou o primeiro ouro em esportes coletivos do país (Barcelona-1992). Este é um ano especial também no futebol: o Atlético Mineiro celebra os 50 anos da conquista do Campeonato Brasileiro (1971) e a homenagem será para o autor do gol da conquista, ‘Dadá Maravilha’, que completa 75 anos no dia 4 de março. Outros projetos serão anunciados em breve.

“Foram quase dois anos de estudos, pesquisas de mercado e muitas ideias, algumas chegamos a experimentar em outras ações em e-commerce até o projeto ganhar corpo. A Memorabília do Esporte vai prestar um serviço, vai ajudar a manter viva a memória do nosso esporte, recordar feitos, heróis e momentos que estão na história e não podem ser esquecidos. Não estamos apenas desenvolvendo coleções, lançando produto. A MDE é uma variação do que fazemos há muitos anos como jornalistas: contar histórias. Só que, agora, vamos fazer isso por meio de objetos acessando a memória afetiva das pessoas”, completou Neves, com experiência de mais de 20 anos no jornalismo esportivo.

Uma particularidade importante da Memorabília do Esporte: todas as coleções são originais, com direitos e propriedades intelectuais da MDE, desenvolvidas e produzidas no Brasil, em parceria com os esportistas, incentivando e apoiando escultores, artistas, artesãos e fabricantes nacionais.

Compartilhe