Futebol

Caso ‘Barçagate’ leva ex-presidente do Barcelona para prisão

Trata-se de uma investigação sobre uma empresa contratada pelo clube para realizar campanhas de difamação contra jogadores e dirigentes contrários à gestão de Bartomeu

Caso ‘Barçagate’ leva ex-presidente do Barcelona para prisão

01 de março de 2021

1 minutos de Leitura

A polícia da Catalunha prendeu Josep Maria Bartomeu, ex-presidente do Barcelona, por suspeita de seu envolvimento no caso conhecido como ‘Barçagate’. Trata-se de uma investigação sobre uma empresa contratada pelo clube para supostamente realizar campanhas de difamação nas redes sociais contra jogadores e dirigentes contrários à gestão do ex-mandatário. A polícia local fez uma busca na sede do clube nas primeiras horas do dia.

Após a ida ao estádio do FC Barcelona, a policia foi à residência de ex-dirigentes. Além de Bartomeu, também foram presos Óscar Grau, ex-CEO, Jaume Masferrer, que ocupava o cargo de assessor do presidente na antiga gestão, e Roman Gómez Ponti, responsável pelo departamento jurídico.

Pressionado pelas acusações contra sua administração, Josep Maria Bartomeu renunciou ao cargo de presidente do clube em 27 de outubro de 2020.

Compartilhe