Futebol

Mercado Livre patrocina Flamengo até dezembro de 2022

No Twitter, o clube divulgou uma montagem de um urubu levando um pacote de entrega do e-commerce

27 abr, 2021

O Flamengo tem novo patrocinador. O clube anunciou, nesta terça-feira, um acordo com o Mercado Livre. O site de comércio eletrônico vai estampar a sua marca nas costas da camisa de treino e jogo. O vínculo será válido até dezembro de 2022 e vai render cerca de R$ 30 milhões no período. Desta maneira, o Flamengo terá o maior valor para um patrocínio só para as costas da camisa no Brasil.

“Ter uma marca como esta investindo no futebol brasileiro é algo muito positivo e mostra a força do nosso mercado. Temos certeza que esta nossa união trará um ótimo resultado para os dois lados e, principalmente, ajudará a dar ainda mais alegrias para a Nação Rubro-negra. Vamos seguindo adiante para fazer o nosso Flamengo ainda mais forte e vencedor”, disse Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, em comunicado.

“Celebramos a união de duas potências: o maior e-commerce do Brasil e da América Latina com o clube que possui a maior torcida do mundo. Vamos construir uma história que começa com o patrocínio da camisa, mas já vislumbramos novas oportunidades de sinergia com todo o ecossistema Mercado Livre. Temos acompanhado, em nossos quase 22 anos de história, o impacto positivo da digitalização em negócios de todos os tamanhos em segmentos variados, como varejo, serviços financeiros e comunicação. Hoje, a gente está dando um passo também para o futebol avançar e se tornar ainda mais digital e inclusivo”, afirmou Fernando Yunes, vice-presidente sênior do Mercado Livre no Brasil.

No Twitter, para mexer com os torcedores, o clube divulgou uma montagem de um urubu levando um pacote de entrega da empresa de e-commerce.

“Urubu delivery? Pode isso, Arnaldo? kkkkk Segura aí, Nação, que o #MelhorTáChegando no Mengão!”, postou o clube.

Além da exposição nas costas da camisa, o patrocínio envolverá ações no ambiente digital, que tem sido uma das principais apostas do Flamengo desde a pandemia.

A Amazon, que estampou o espaço num patrocínio pontual durante a final da Supercopa do Brasil, diante do Palmeiras, conversava com o Flamengo sobre a possibilidade de fazer outras ações. Por enquanto, a marca não busca acordos de longo prazo.