Futebol

Conmebol anuncia suspensão da Copa América na Argentina

Entidade não descarta cancelar a realização do torneio

31 maio, 2021

Na noite de domingo (30), a Conmebol anunciou que a Argentina não será mais sede da Copa América, que tem seu início programado para o próximo dia 13. No último dia 20, a Colômbia havia desistido de receber jogos da competição pelo conturbado momento envolvendo violentos confrontos e protestos que vêm acontecendo em meio à reforma previdenciária do país.

“A Conmebol informa que, em atenção às circunstâncias presentes, resolveu suspender a organização da Copa América na Argentina. A Conmebol analisa a oferta de outros países que mostraram interesse em abrigar o torneio continental. Em breve serão anunciadas novidades nesse sentido”, divulgou a confederação em comunicado nas redes sociais.

A Conmebol informou que outros países se candidataram a ser sede da Copa América e analisa as opções. Segundo a entidade que comanda o futebol sul-americano, novas informações sobre o assunto serão divulgadas nesta segunda (31). Não está descartado o cancelamento da competição.

Equador e da Venezuela enviaram propostas à Conmebol para receberem os jogos que seriam na Colômbia. Além dos dois, o Chile também surgiu como um candidato para compartilhar o torneio que até então seria somente na Argentina.

Na noite deste domingo, o ministro do Interior da Argentina, Eduardo Pedro, afirmou que a situação sanitária do país, em meio à pandemia do novo coronavírus, tornava “muito difícil” a realização da competição continental.

“Estive conversando com o presidente (Alberto Fernández) sobre a situação sanitária de todas as jurisdições e em particular Buenos Aires, Tucumán, Mendoza, Córdoba e Santa Fé. Sendo coerentes com o cuidado da saúde, vemos que é muito difícil que se jogue a Copa América”, disse o ministro.