Futebol

Federação italiana autoriza que salários da Serie A sejam atrasados

A última proposta dos clubes foi adiar os prazos para os últimos quatro meses da temporada 2020/2021

Federação italiana autoriza que salários da Serie A sejam atrasados

17 de maio de 2021

1 minutos de Leitura

A Federação Italiana de Futebol (Figc) atendeu ao pedido feito pelos clubes da Serie A e aprovou o adiamento do pagamento da parcela salarial de março por um mês. O prazo de pagamento é adiado de maio a junho, segundo o Calcio e Finanza.

Os times da elite do futebol italiano haviam solicitado à Federação que adiasse os termos das obrigações relativas aos prazos para o pagamento dos salários dos jogadores, uma proposta que foi aceita parcialmente. A última proposta dos clubes foi adiar os prazos para os últimos quatro meses da temporada 2020/2021: março (de maio a junho), abril (de junho a julho), maio (de junho a dezembro) e junho (de setembro a dezembro).

No entanto, o Conselho Federal da entidade aprovou apenas o adiamento dos salários do mês de março, passando de 30 de maio para 24 de junho.

No final de janeiro, a federação reiterou que os clubes deveriam recuperar os pagamentos aos seus jogadores até meados de fevereiro, mas admitiu a possibilidade de que os casos pudessem ser adiados a partir de um acordo entre clubes e atletas.

Compartilhe