Patrocínio

FedEx é a nova patrocinadora da Champions League

A gigante de logística foi patrocinadora da Europa League por seis temporadas

FedEx é a nova patrocinadora da Champions League

05 de maio de 2021

2 minutos de Leitura

Após seis anos patrocinando a Europa League, a gigante de logística FedEx é a nova patrocinadora da Champions League. O acordo será válido por três temporadas e inclui também a SuperTaça Europeia, a fase final da Liga Juvenil da UEFA e a Liga dos Campeões de Futsal da UEFA.

“A FedEx provou ser um parceiro da UEFA extremamente valioso. Estamos muito satisfeitos por eles continuarem a sua evolução conosco, que começou em 2015 e agora os vemos a apoiar a nossa principal competição de clubes, a Champions League”, disse o diretor de marketing da UEFA, Guy-Laurent Epstein.

Como parte desta nova parceria, a FedEx trabalhará em estreita colaboração com a entidade para tornar os projetos de patrocínio da UEFA mais sustentáveis, de acordo com seu próprio compromisso de ser neutro em carbono até 2040.

“O nosso patrocínio global da Champions League proporcionará oportunidades incomparáveis ​​para a nossa marca, membros da equipe, clientes e comunidades. Alinhar nossa marca com o desempenho esportivo de classe mundial nos permite conectar nossos serviços ao nosso público por meio da paixão e das emoções geradas pelos esportes e nos permite contribuir positivamente para nossas comunidades locais”, disse Brie Carere, vice-presidente executivo e diretor de marketing e comunicações da FedEx Corp. A empresa é também parceira da Euro 2020.

Desde o início da colaboração entre a FedEx e a UEFA em 2015, a empresa de logística é o primeiro parceiro a trabalhar com a Fundação UEFA para desenvolver programas para crianças que dão aos jovens acesso ao futebol e outras oportunidades na vida. Já foram criados campos de jogos na Espanha, Polônia, Brasil e África do Sul para dar aos jovens locais a oportunidade de jogar futebol em um ambiente seguro.

A Liga dos Campeões 2019/20 foi transmitida para mais de 200 países e territórios em todo o mundo, com uma audiência cumulativa de 2.4 bilhões e gerou um total de 25.6 bilhões de interações nas redes sociais.

Compartilhe