Patrocínio

Heineken é a quarta marca a patrocinar a Fórmula 1 na Band

A ideia da empresa é dar mais exposição para o produto Heineken 0.0, cerveja sem álcool lançada durante a pandemia no país

Heineken é a quarta marca a patrocinar a Fórmula 1 na Band

10 de maio de 2021

2 minutos de Leitura

A Heineken é a nova patrocinadora da transmissão da Fórmula 1 pelo Grupo Bandeirantes. Patrocinadora global da categoria, a marca de cervejas será, pela primeira vez, apoiadora também da transmissão da F1 no Brasil. Na era-Globo, a cota de bebida alcoólica era da Itaipava.

Pelo acordo, a cervejaria terá exposição nas transmissões realizadas na Band e BandSports, com inserções de mídia tradicionais e filmes de 5″ e 30″, além de conteúdos especiais que serão desenvolvidos em parceria entre emissora e Heineken.

“A Fórmula 1 é uma das principais plataformas globais da marca Heineken e este é o primeiro passo de uma série de novidades e experiências exclusivas, desenvolvidas em parceria com a emissora, que queremos proporcionar aos consumidores brasileiros que são fãs da categoria há anos ou que passaram a acompanhar recentemente”, disse Carina Hermida, diretora de mídia, patrocínios e conteúdo do Grupo Heineken no Brasil.

“Por meio deste patrocínio, conseguimos também seguir fomentando assuntos de extrema importância para a sociedade, como consumo responsável e a incompatibilidade de bebidas alcoólicas e direção, além de reforçarmos a Heineken 0.0 como uma alternativa segura para esta ocasião aos quase 3 milhões de telespectadores que acompanham as transmissões ao vivo”, acrescentou Gabriel D’Angelo Braz, diretor de marketing da marca Heineken no Brasil.

“Estamos trabalhando intensamente para, cada vez mais, termos conteúdos com forte conexão com as marcas. A Band vem ampliando o escopo e levando opções muito relevantes para os telespectadores”, completou Henrique Collor, diretor comercial da Band.

Com a Band, a ideia da empresa é dar mais exposição para o produto Heineken 0.0, cerveja sem álcool lançada durante a pandemia no país. Agora, a Heineken se juntará ao portfólio que conta com Banco do Brasil, Claro e Philco, que já anunciam durante as transmissões, que têm conseguido, em média, 4 pontos na medição do Ibope.

Compartilhe