Indústria

Icone Sports lança modelo de negócio que envolve a torcida na produção das camisas

Marca estabelece uma meta de venda e uma campanha junto à torcida

20 maio, 2021

A Icone Sports lançou um pioneiro modelo de negócios que permitirá aos clubes de menor poder aquisitivo terem acesso a uniformes de qualidade. A inovação da marca consiste em trazer os torcedores para o processo de produção das camisas, viabilizando-as e fazendo valer o ditado de que “a torcida carrega o time”.

Com base no enxoval necessário para a equipe, a Icone Sports, em conjunto com o clube parceiro, estabelece uma meta de venda e uma campanha junto à torcida, com a missão de atingir a quantidade demandada em determinado prazo, de modo que a margem de lucro seja suficiente para cobrir o investimento necessário para a produção do material. Com a meta atingida, a marca produz as camisas vendidas juntamente com outros produtos, dispensando o aporte financeiro do clube. Na pré-venda, os torcedores ainda têm a opção de personalizar gratuitamente a camisa com o número e o nome que desejarem.

“É uma iniciativa necessária no contexto do futebol brasileiro, onde impera uma desigualdade entre clubes, relativa a uma série de fatores. Nosso plano é que essas equipes possam disponibilizar a seus atletas e torcedores os melhores produtos possíveis, dentro de um orçamento curto e já bastante comprometido”, disse Carlos Costa, gerente de vendas da Icone Sports.

Já dentro deste modelo está o Tupi Football Club, parceiro da Icone Sports e um dos times mais tradicionais de Minas Gerais. O clube está com suas novas camisas em pré-venda. Os mantos foram desenvolvidos pela marca, dentro do plano de apoio junto aos torcedores da equipe de Juiz de Fora. A camisa 1 foi desenhada no tradicional listrado em preto e branco, com grafismos sublimados em marca d’água, conferindo um estilo moderno à peça, em combinação com os traços clássicos. Já o segundo manto é todo branco com uma faixa cinza ao centro, em cinza degradê, também com os grafismos em marca d’água. Os uniformes estão sendo vendidos ao preço de R$ 119,00.

“Temos alguns cases de sucesso dentro desse modelo, e temos visto um interesse crescente. É uma ação que viabiliza um produto caríssimo ao clube, sem ‘enforcá-lo’ dentro de um meio que já demanda muitos gastos”, finalizou Costa.