Atletas

Com Messi e parceria com Uefa, Lay’s lança projeto sustentável

A marca reutilizará pacotes de salgadinhos vazios com o objetivo de ajudar a criar campos de futebol sustentáveis

24 jun, 2021

Patrocinadora da Champions League, a Lay’s lançou uma iniciativa global com foco na sustentabilidade. Em parceria com a Uefa Foundation e a Street Football World, além do apoio de Lionel Messi, embaixador da Lay’s, a marca passará a reutilizar pacotes de salgadinhos vazios com o objetivo de ajudar a criar campos de futebol sustentáveis, unindo as comunidades e promovendo resultados positivos para as pessoas e também para o planeta.

Batizada de Lay’s RePlay, a ação espera inaugurar até cinco campos de futebol até o final do ano. O primeiro será em Tembisa, na África do Sul, seguido por locais na Rússia, Brasil, Turquia e Reino Unido. Com estimativa de mais de 3.600 horas de jogos e programas educacionais esportivos, que beneficiarão mais de 16 mil membros da comunidade apenas no primeiro ano, o projeto dará ênfase à inclusão de membros da comunidade e organizações locais durante todas as fases de planejamento, construção e manutenção de cada campo, com o objetivo de desenvolver uma programação que possa abordar questões sociais que impactam cada comunidade, ao mesmo tempo em que promove o acesso seguro ao esporte.

“Proporcionar alegria às pessoas em cada chip, em cada pacote, está na essência da nossa marca. Com décadas de experiência em reunir pessoas por meio do esporte, temos o orgulho de apresentar o Lay’s RePlay. Mais do que apenas um campo favorável ao planeta, estamos trabalhando com parceiros locais para construir espaços e programas que possam gerar impacto e mudanças positivas para as próximas gerações”, disse Sebnem Erim, vice-presidente de marketing global de alimentos da Pepsico.

“Observamos em primeira mão como o futebol e o esporte podem ser usados para melhorar a vida das pessoas. Ao trabalharmos juntos e apoiarmos o Lay’s RePlay, estamos tendo um impacto instantâneo em milhares de pessoas que, de outra forma, não teriam onde jogar nem uma oportunidade de se desenvolver para se tornarem melhores”, comentou Aleksander Ceferin, presidente da Uefa Foundation.

De acordo com a marca, os campos minimizam ao máximo o impacto ambiental, desde os materiais que o compõem até a instalação, uma vez que são projetados para serem o mais ecologicamente sustentáveis possível. Em parceria com a GreenFields, fabricante global de campos artificiais, as embalagens vazias de Lay’s serão recolhidas por parceiros locais de coleta de resíduos e reciclagem, e receberão uma segunda vida, sendo triturados e convertidos em paletes que formam a camada de base por baixo do gramado, chamada Ecocept. Tanto a grama quanto a camada Ecocept serão 100% recicláveis no final de sua vida útil. Além do gramado, a marca da Pepsico ainda se comprometeu em adotar uma estratégia de compensação de carbono que garantirá que todos os campos ofereçam uma pegada de carbono zero ao longo de sua vida útil de cerca de dez anos.