Futebol

Com saída de Rummenigge, Kahn assumirá comando do Bayern antes do esperado

Inicialmente, ex-goleiro assumiria o posto somente em 2022

3 jun, 2021

O Bayern de Munique anunciou que o seu presidente e membro do conselho Karl-Heinz Rummenigge deverá renunciar seis meses antes do previsto originalmente. Desta maneira, Oliver Kahn assumirá o cargo.

Esperava-se que Rummenigge deixasse seu cargo no final de 2021, mas ele optou por partir com a conclusão da temporada 2020/21 da Bundesliga. Agora, deixará o cargo em 30 de junho.

“É o momento mais sensato e lógico estrategicamente. Estamos chegando ao final do ano financeiro e ao mesmo tempo uma nova fase está começando com uma nova equipe técnica. A nova temporada deve ser da responsabilidade de Oliver Kahn como novo CEO logo desde o início”, disse Rummenigge.

Rummenigge chegou ao Bayern como jogador em 1970, sendo nomeado gerente geral em 1979, e presidente em 2009. Kahn, por sua vez, entrou no conselho do Bayern em 1º de janeiro deste ano com um contrato de cinco anos e, inicialmente, iria se preparar para as funções de chefe executivo e presidente, antes de assumir o cargo em 31 de dezembro.

“Nos últimos 18 meses, conheci todas as facetas do clube e sei muito bem como o FC Bayern funciona e quais são os desafios que se apresentam”, disse o ex-goleiro.