Atletas

FIVB cria campanha sobre igualdade de gênero

A “Equal Jersey” terá início na reta final da Liga das Nações

21 jun, 2021

A Federação Internacional de Vôlei (FIVB) lançou uma campanha para promover a igualdade de gênero. A “Equal Jersey” (“Camisa Igual”, em tradução livre) terá início na reta final da Liga das Nações, entre os dias 25 e 27 de junho, em que alguns atletas usarão uma camisa especial com o próprio nome e também com o de um(a) jogador(a) do sexo oposto.

Entre os escolhidos pela entidade para servir de embaixador da iniciativa está o brasileiro Wallace, que fará “dupla” com a russa Natalia Goncharova. Ambos usarão o número 8 na camisa, que contará com o nome dos dois. Além deles, ainda fazem parte da campanha outras duas “duplas”: o argentino Facundo Conte e a americana Lauren Carlini (camisa 7), e o holandês Nimir Abdel-Aziz e a turca Eda Erdem (camisa 14).

“Temos o orgulho de ser um dos principais defensores da promoção da igualdade de gênero no esporte. Igualdade de gênero e inclusão estão no DNA do voleibol e sempre nos recusaremos a aceitar o status quo. É um esporte onde, em nível internacional, mulheres e homens competem em igualdade de condições, com igualdade de oportunidades, igualdade de remuneração e igual atenção. Mas temos que fazer mais para liderar nesse sentido, mostrando a cultura do voleibol de inclusão e igualdade de maneiras novas e inovadoras para incentivar uma maior ação em todo o mundo do esporte”, disse Finn Taylor, CEO da Federação Internacional de Vôlei.

A iniciativa da FIVB estará em campanhas de mídia digital e social que envolverão os embaixadores e será levada aos Jogos Olímpicos de Tóquio no mês que vem. Vale lembrar que, recentemente, a entidade igualou os valores de premiação de campeonatos importantes, como a própria Liga das Nações.