Futebol

Mastercard desiste de promover sua marca na Copa América

Empresa será ausência nas placas de publicidade no entorno do gramados e no backdrop das entrevistas

9 jun, 2021

A Mastercard oficializou que não vai promover sua marca durante a Copa América, que será disputada no Brasil entre 13 de junho (domingo) e 10 de julho. Apesar do posicionamento, a empresa segue como patrocinadora da Conmebol.

Desta maneira, a Mastercard será ausência nas placas de publicidade no entorno do gramados e no backdrop das entrevistas de jogadores e técnicos.

Em nota, a marca afirmou que “após análise criteriosa, decidimos por não ativar nosso patrocínio à Copa América no Brasil”. Mesmo com contrato com a Conmebol, as marcas não são obrigadas a participar de ações de marketing ou a expor seu nome durante os jogos.

Inicialmente, o torneio continental seria realizado na Colômbia, que desistiu por problemas políticos internos, e na Argentina, que declinou em função do agravamento da pandemia de covid-19. O Brasil, então, decidiu receber a competição na semana passada. A Copa América começa domingo, com o jogo Brasil x Venezuela, às 18h, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. O torneio terá jogos também em Cuiabá, Goiânia e no Rio de Janeiro.