Patrocínio

Mastercard e Ambev, Diageo deixa de patrocinar a Copa América

Marca segue outras gigantes do mercado e não deseja ter sua imagem associada ao torneio

10 jun, 2021

Depois de Mastercard e Ambev, a Copa América mais um patrocinador. Trata-se da Diageo, dona das marcas Smirnoff, Jhonnie Walker e Tanqueray. A empresa não deseja ter sua marca vinculada ao torneio.

“Os termos do patrocínio foram acertados quando o evento estava previsto para ser realizado na Colômbia e Argentina. A Diageo reitera seu compromisso com a sociedade observando os protocolos de segurança e ações institucionais que contribuam para a mitigação da pandemia”, diz a companhia. A Diageo já havia somado esforços ao combate da epidemia no país, com a doação de álcool em gel para hospitais públicos e equipamentos de proteção para bares e restaurantes.

Inicialmente, o torneio continental seria realizado na Colômbia, que desistiu por problemas políticos internos, e na Argentina, que declinou em função do agravamento da pandemia de covid-19. O Brasil, então, decidiu receber a competição na semana passada. A Copa América começa domingo, com o jogo Brasil x Venezuela, às 18h, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. O torneio terá jogos também em Cuiabá, Goiânia e no Rio de Janeiro.