Redes Sociais

NWB estreia programa dedicado ao futebol feminino

“Passa a Bola” terá comando das apresentadoras Alê Xavier e Luana Maluf

18 jun, 2021

Detentora dos canais originais Desimpedidos, Acelerados, Falcão 12, Camisa 21 e Fatality, além de 100 afiliados, a NWB estreou, nesta quinta-feira (17), o “Passa a Bola”, programa inteiramente dedicado ao futebol feminino. O objetivo é colocar jogadoras profissionais e amadoras sob os holofotes, aproximando, assim, a audiência e fortalecendo o protagonismo das mulheres no esporte.

O comando da atração será das apresentadoras Alê Xavier e Luana Maluf, e contará com desafios de futebol e resenha. Além disso, também terá o quadro “Senta que lá vem história”, que contará a trajetória de personalidades que fizeram e fazem a história do futebol feminino.

Outros dois quadros fixos serão o “Me chame pelo meu nome”, em formato de documentário, que fará uma imersão na rotina de mulheres importantes no meio futebolístico, e o “Último lance”, em que as apresentadoras reagirão aos lances das rodadas do Brasileirão Feminino, aproveitando o conteúdo inexplorado das jogadas e melhores momentos da competição.

“Nunca desejei outra coisa para a minha vida além de viver o futebol e descobri que posso fazer muito pela modalidade mesmo sem estar em campo. O ‘Passa a Bola’ chega para estar em todos os ambientes onde meninas desejam ser representadas. Vamos trazer o lado descontraído das atletas, contar histórias, dar voz, promover campeonatos, peneiras, eventos e várias outras surpresas. Espero que a gente possa acrescentar muito dentro e fora dos campos. Vai que a gente descobre um talento”, disse Alê Xavier.

“O ‘Passa a Bola’ é o meu projeto de vida. Nascemos como um coletivo, com a ajuda e empenho de muitas pessoas e com a essência de muitas mulheres, cerca de duzentas meninas jogavam semanalmente antes da pandemia. Agora, com o canal, queremos crescer o futebol feminino como entretenimento, e nossos quadros trazem isso. Nos interessa muito mostrar o lado divertido, descontraído e humano das atletas que correm dentro de campo, assim como o das meninas que há anos jogam com a gente e dominam os complexos de quadras das cidades”, acrescentou Luana Maluf.

“A chegada do ‘Passa a Bola’ só reforça o nosso propósito: dar, cada vez mais, visibilidade ao futebol feminino. Além de promover ainda mais o esporte, queremos trazer as histórias, os sonhos, os lances, é claro, dessas mulheres que lutam por igualdade”, finalizou Luiza Maggessi, diretora de produção da NWB.

O programa ratifica a estratégia da NWB de apoiar cada vez mais o futebol feminino no Brasil. Neste ano, em parceria com a CBF e patrocínio da Centauro, o Desimpedidos transmitiu 13 jogos do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino que somaram mais de 4 milhões de visualizações, 1.8 milhões de espectadores únicos e mais de 497 mil horas assistidas. Além disso, recentemente, o Desimpedidos transmitiu, com exclusividade no YouTube, os dois últimos amistosos preparatórios da seleção brasileira de futebol feminino para os Jogos Olímpicos de Tóquio.