Tecnologia

Ambev fecha parceria com Arena Hub

Acordo inédito busca incrementar experiência do público em estádios e arenas a partir de tecnologias próprias

20 jul, 2021

A Ambev se tornou a primeira mantenedora oficial do Arena Hub, entidade sem fins lucrativos que conecta os ecossistemas esportivo e tecnológico com o objetivo de criar, apoiar e acelerar projetos que promovam transformação digital e impactem positivamente a sociedade.

“Com o Arena Hub, saímos na frente mais uma vez ao fortalecer nossa atuação em um tema que, culturalmente, sempre foi um dos nossos fortes: unir as pessoas por um mundo melhor. A parceria reforça nosso compromisso em fomentar os esportes de forma totalmente colaborativa. Em nossa jornada de transformação digital e cultural, a tecnologia e a inovação já permeiam os nossos processos. Vamos nos aproximar ainda mais de startups nacionais para construir e promover novas formas de engajar nossos consumidores”, disse Felipe Bratfisch, Diretor de Patrocínios e Marketing de Experiências da Ambev.

Inaugurado em 2020 e sediado em uma área interna do Allianz Parque, em São Paulo, atualmente, o Arena Hub conta com mais de 70 entidades esportivas e empresas parceiras, além de estar conectado a mais de 90 Startups.

“Contar com a Ambev como a primeira mantenedora é muito importante para o Arena Hub e isso demonstra que estamos no caminho certo. Nosso objetivo é sempre promover conexões entre os players do setor do esporte e as grandes marcas. A troca entre o ecossistema e a Ambev será de grande valor para o mercado, abrindo portas para novos projetos, mais tecnologia e inovação para a indústria esportiva”, acrescentou Antônio de Castro Neves, Head Comercial do Arena Hub.

Quem participa do Arena Hub está inserido em um ecossistema de inovação, o que possibilita a troca de experiência, mentorias, hack days, desafios, programas de aceleração e, também, o incentivo a novos negócios gerados entre os participantes. E, para o primeiro projeto da parceria entre Arena Hub e Ambev, são justamente as startups que serão convocadas. A chamada pública está programada para o fim de julho e os temas serão engajamento de fãs e experiência em arenas.

“Estamos em um momento de transformação do esporte, de como o torcedor interage e de que maneira poderemos tornar essa experiência tão significativa para o consumidor. Assim, a temática de engajamento de fãs nunca esteve tão presente, exigindo novas estratégias e inovação. Neste primeiro projeto será essencial contar com a expertise da Ambev, empresa que sempre marcou presença nos grandes eventos esportivos. Será um diferencial para incentivarmos o mercado com as inovações de relacionamento quanto com a experiência em Arenas cada vez mais tecnológicas e inteligentes”, finalizou Ricardo Mazzucca, CEO do Arena Hub.

O processo que decidirá os projetos a serem incubados terá duração prevista de três meses. Os finalistas, então, terão mentoria antes do pitch day ao vivo. A partir daí, os selecionados serão incubados e iniciarão o desenvolvimento das soluções. A expectativa é que elas entrem em campo a partir do primeiro semestre de 2022.