Futebol

Camisas do orgulho LGBTQIA+ rendem mais de R$ 100 mil em leilão

Valor será destinado a instituições que lutam por garantia de direitos

21 jul, 2021

Para celebrar o Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+, comemorando em 28 de junho, Flamengo, Fluminense e Vasco da Gama promoveram ações em seus uniformes de jogo, e as camisas foram leiloadas em parceria com a Play For a Cause. Somadas todas as peças, o total arrecadado foi de R$ 114.890,00 (cento e quatorze mil e oitocentos e noventa reais), com valor líquido destinado a instituições que desenvolvem projetos para acolhimento e garantia dos direitos LGBTQIA+.

Foram 56 camisas de jogo dos três clubes leiloadas, e milhares de lances feitos por admiradores em países de três continentes (Américas, Europa e Ásia). Com 23 peças à disposição, o Fluminense foi o clube que mais arrecadou no leilão social. As camisas que exibiram o patch com a hashtag #TimeDeTodos no peito foram arrematadas pelo total de R$ 47.886,00 (quarenta e sete mil e oitocentos e oitenta e seis reais).

“Um dos pilares mais importante da sociedade e do esporte é o respeito, e a ação do Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+ é pura e simplesmente sobre respeitar. O futebol promoveu um grande exemplo sobre diversidade, clubes e torcedores estão de parabéns pelo engajamento. É um grande prazer colaborar com a causa, erguer a bandeira do respeito e da diversidade”, disse a fundadora da Play For a Cause, Manuella Carvalho.

Em seu posicionamento na luta contra pelas causas sociais e contra o preconceito, o Vasco da Gama reproduziu na tradicional faixa de seu uniforme as cores do arco-íris, símbolo da luta contra homofobia. O clube disponibilizou 10 camisas para a ação, que foram leiloadas, no total, por R$ 22.351,00 (vinte e dois mil e trezentos e cinquenta e um reais). Foi a camisa usada por Germán Cano a que teve maior lance entre todas no leilão. Autor de gol e comemoração memorável na oportunidade, o atacante argentino teve sua peça arrematada por R$ 7.600,00 (sete mil e seiscentos reais).

O Flamengo levou a campo seus jogadores com detalhes nas cores do arco-íris nos números das camisas, além da braçadeira do capitão da equipe. Com milhares de acessos ao site da ação, as 23 peças do uniforme rubro-negro geraram R$ 44.653,00 (quarenta e quatro mil e seiscentos e cinquenta e três reais) na totalidade.

A ativa participação dos torcedores dos três clubes na ação vai colaborar com instituições que desenvolvem projetos para acolhimento e garantia dos direitos LGBTQIA+. O valor líquido do leilão será destinado a três projetos sociais. O Vasco beneficiará a Casa Nem, do Rio de Janeiro, mesma instituição escolhida pelo Flamengo, que também destinará parte do valor de seus lances para a Manifesta LGBT, de Manaus. O Fluminense reverterá seu valor arrecadado ao Grupo Arco-Íris de Cidadania LGBT, do Rio de Janeiro.