Indústria

FIA revela impacto do automobilismo em mais de R$ 1 trilhão

Estudo desenvolvido pela Federação Internacional do Automobilismo aponta que foram gerados 1.5 milhão de empregos remunerados

7 jul, 2021

A Federação Internacional do Automobilismo (FIA) desenvolveu um estudo para mensurar o impacto econômico e social da indústria do automobilismo. Realizado pela consultoria EY-Parthenon, ele mostrou que o valor bruto gerado pelo esporte a motor gira em torno de R$ 1 trilhão.

Os dados levantados apontam que a indústria do automobilismo tem uma produção bruta de cerca de € 159.2 bilhões em negócios para a economia mundial. Há ainda uma injeção extra de € 66,9 bilhões no total do valor agregado.

Além disso, o estudo aponta que foram gerados 1,5 milhão de empregos remunerados, 2.7 milhões de participantes no automobilismo mundial e 60.700 eventos voltados para o esporte a motor.

O presidente da entidade, Jean Todt, disse que os dados da pesquisa foram “notáveis” por destacar o tamanho da influência da indústria do automobilismo em todo o mundo.

“Este relatório revela que a indústria do automobilismo representa 160 bilhões de euros de produção bruta anual total e 1,5 milhão de empregos remunerados no total. Isso é notável e demonstra que nosso esporte contribui de forma eficiente para a recuperação da economia por conta da Covid-19”, disse Todt.