Patrocínio

Nissan deixa de ser patrocinadora da Champions League

Relação da montadora com o torneio europeu durou sete temporadas

3 jul, 2021

Chegou ao fim a relação de sete anos entre a Nissan e a Champions League. O contrato da montadora japonesa com o torneio encerrou na última semana e não foi renovado.

“A Nissan foi parceira da Uefa Champions League desde 2014, e temos orgulho de ter trazido a nossa inovação e entusiasmo para a competição. Após sete anos, é o momento certo para concentrarmos nossas atividades de patrocínio global em outras áreas. Embora tenhamos tomado a decisão de não estender a parceria após o final da temporada 2020/2021, sempre teremos orgulho da nossa associação com este evento. Desejamos à família da Uefa Champions League todo o sucesso no futuro”, destacou a Nissan em comunicado.

O logotipo da Nissan já não aparece na área destinada aos patrocinadores da Champions League no site da Uefa, constando apenas Heineken, PlayStation, Lay’s, Mastercard, FedEx, Just Eat Takeaway, Gazprom e Hotels.com.

Agora da UCL, a Nissan segue investindo forte no esporte, sendo patrocinadora do Manchester City, com um time próprio que estará nos Jogos de Tóquio, além de uma equipe oficial na Fórmula E.