Patrocínio

Toyota desiste de ativar patrocínio em Tóquio 2020

O motivo alegado pela montadora é a baixa adesão do público japonês ao evento

19 jul, 2021

A Toyota, patrocinadora Top do Comitê Olímpico Internacional (COI), desistiu de suas ativações relacionadas aos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 no país-sede do evento. O motivo é a baixa adesão do público japonês ao evento. A montadora também não vai enviar seu principal executivo para o evento.

Segundo o jornal “Yomiuri Shimbun”, o presidente-executivo da Toyota e membro da família fundadora da empresa, Akio Toyoda, não comparecerá à cerimônia de abertura no estádio olímpico.

A confirmação de que não haverá ativações da montadora representou mais uma baixa para o Comitê Organizador das Olimpíadas. Nas últimas semanas, as críticas da opinião pública aos Jogos têm feito os organizadores e o COI a tentarem de todas as formas minimizar o risco de aumento do contágio de coronavírus com a realização das Olimpíadas.

“Esses parceiros e patrocinadores lutaram para apoiar o Tóquio 2020. Este ano foi uma situação bastante intensa e desafiadora, mas ainda assim, aqueles parceiros e patrocinadores sempre apoiaram muito as Olimpíadas. É claro que há um sentimento público misto em relação aos Jogos. Deve haver uma decisão de cada empresa em termos de como elas devem ser capazes de transmitir suas mensagens ao público a partir de sua perspectiva”, comentou o porta-voz do Tóquio 2020, Masa Takaya, tentando minimizar o fim das ativações da Toyota.

Além de infectados na própria Vila Olímpica, Tóquio tem relatado mais de mil novos casos de Covid por dia. A detecção de contágios aumentou a preocupação sobre os Jogos, que enfrentam críticas no Japão por temores de que eles tragam novos casos de covid-19 para um país que está lutando para conter a propagação.

Resta saber se outros parceiros da entidade seguirão o mesmo caminho da Toyota.