Atletas

Banco BV amplia apoio ao esporte para a criação de Institutos de atletas

Empresa estará com Ítalo Ferreira, Etiene Medeiros, Diego Hypólito e Ádria Santos

13 set, 2021

O banco BV, um dos maiores bancos privados do país, anuncia o apoio aos atletas Ítalo Ferreira, campeão olímpico e mundial de surfe; Etiene Medeiros, nadadora campeã mundial e pan-americana; Diego Hypólito, ginasta campeão mundial e medalhista olímpico; e Adria Santos, velocista com 13 medalhas paralímpicas.

O banco dará suporte aos atletas para a criação de Institutos, que irão permitir a inclusão social e o desenvolvimento humano por meio do esporte e da educação. Além disso, o BV se consolida como banco do skate com o patrocínio do STU, principal plataforma esportiva e comportamental de skate do mundo.

“O esporte é uma poderosa ferramenta de transformação social. Por meio dele, é possível ter uma vida mais leve, um dos princípios do BV. Ao ampliarmos o apoio aos Institutos, aumentamos também a diversidade de esportistas e levamos desenvolvimento para outras regiões do país”, diz Claudia Furini, superintendente de marketing, sustentabilidade e UX do banco BV.

A plataforma BV Esportes foi lançada em 2018, junto com o reposicionamento da marca do banco, para apoiar institutos de ex-atletas e também esportistas de alto rendimento. Em dois anos, os institutos impactaram a vida de mais de 12 mil pessoas, atenderam mais de 1.800 pessoas matriculadas nos projetos e realizaram cerca de 1.200 aulas.

Os resultados da primeira fase do apoio ao esporte foram positivos e, por meio dos institutos, os ex-atletas puderam retribuir e compartilhar com as comunidades os benefícios conseguidos por meio da prática esportiva. Agora, o banco BV amplia o apoio a ex-atletas de outras modalidades e expande a atuação para mais Estados do país.

O Instituto Ítalo Ferreira atenderá crianças e jovens carentes com ensino do surfe na cidade de Baía Formosa (RN). A sede do projeto é a casa onde o surfista morou durante sua infância e será transformada para atender toda a demanda do novo desafio. “É mais uma oportunidade que tenho de ajudar a nova geração do surf brasileiro. Colocar essas crianças dentro do instituto é muito gratificante. Quero ensinar e mostrar para eles que é possível cada um alcançar seus sonhos”.

No Nordeste também ficará o Instituto Etiene Medeiros, projeto de natação que já atende crianças dentro do Clube Náutico Capibaribe e que ampliará suas atividades para outras piscinas de Recife (PE). “Eu chamo o projeto de filho. É uma vontade que eu tenho há muito tempo e agora a gente está concretizando com esse patrocínio que vai ser muito bom pra alavancar muitas oportunidades no Nordeste. O intuito é sempre levar para sociedade o esporte, a educação, a igualdade. Todo um significado do que é abrir portas dentro do esporte. Estou muito feliz e realizando um sonho que a natação me proporcionou e agora devolvendo pra sociedade junto com parceiros que pensam igual a mim”.

Em Joinville (SC), o banco BV está ajudando na criação do Instituto de Adria Santos, que terá foco no atletismo e atenderá crianças e jovens carentes e também terá uma área voltada para treinamento de profissionais com deficiência.

“O Instituto Adria Santos é um sonho antigo que agora virou realidade. O Brasil é um país que carece de iniciativas que visam oportunizar que mais pessoas tenham acesso à educação, esporte e atividades artísticas. As estatísticas não favorecem nosso povo. O processo é cíclico nos lugares menos favorecidos. Muita violência, falta de atividade, drogas, falta de escolas, entre outras coisas. Por isso, é muito importante que o Instituto desenvolva projetos que possam fazer a diferença na vida de crianças e adolescentes, sobretudo, na vida de crianças e adolescentes com deficiência. Estou muito feliz por ser a primeira paralímpica do grupo”.

Já o projeto de Diego Hypólito trabalhará com crianças e jovens dentro de complexos esportivos no subúrbio carioca ensinando ginástica. “Chegou a hora de eu devolver para a sociedade tudo o que a ginástica me ensinou. A ginástica brasileira vive um momento especial e estou muito motivado para seguir lutando e deixar o esporte em evidência. Ficarei feliz em levar oportunidades a crianças de classes sociais menos favorecidas”.