Patrocínio

Corinthians avança no mercado cripto e lança NFTs colecionáveis com Sorare

Clube está focado em ganhar espaço no mercado de criptoativos e abrir uma nova frente de receitas

23 set, 2021

O Corinthians está focado em ganhar espaço no mercado de criptoativos e abrir uma nova frente de receitas. Depois de lançar o seu fan token com a Socios.com e de fechar patrocínio com uma corretora cripto Mercado Bitcoin, o Timão anunciou que terá NFTs emitidos na rede Ethereum, a partir de uma parceria com a plataforma Sorare.

“Com a chegada da Sorare, o Corinthians dá mais um passo na inovação de seus empreendimentos globais. Nessa parceria, vamos oferecer, por meio de fantasy game e de NFTs, novas maneiras de viver no dia a dia a paixão pelo Corinthians. Tenho certeza de que nossa torcida vai abraçar também essa iniciativa, que é parte da nossa prioridade em desenvolver a experiência e o produto digital Corinthians. Já contávamos com o fan token, agora com o NFT, e outras novidades virão”, disse o presidente do clube, Duílio Monteiro Alves.

Fruto do acordo, os torcedores poderão colecionar, trocar e jogar com os cartões digitais dos jogadores do atual elenco, como Cássio, Fagner, Renato Augusto, Willian e Jô.

“Estamos muito satisfeitos com a parceria com o Corinthians, um dos clubes mais prestigiados do Brasil. Duas vezes campeão do Mundial de Clubes da Fifa, o time já tem um grande número de torcedores no mundo todo e esta parceria aumentará ainda mais a base de fãs internacionais, ao mesmo tempo que ajuda Sorare a continuar a construir uma experiência de jogo global. O game nasceu do nosso amor pelo futebol e da nossa experiência em blockchain, mas acreditamos que há uma grande oportunidade de trazer a Sorare para mais fãs de futebol em todo o mundo, assim como de ampliar o modelo para outros esportes”, acrescentou Nicolas Julia, CEO da Sorare.

A Sorare é uma plataforma em blockchain que emite tokens não-fungíveis dos jogadores de futebol dos clubes parceiros. Hoje, a empresa está com mais de 180 organizações no esporte, incluindo LaLiga, Barcelona, Real Madrid, Bayern, PSG e outros.

Em fevereiro deste ano, um cartão exclusivo de Cristiano Ronaldo foi vendido por mais de R$ 1.5 milhão. Sua operação se situa na intersecção do mercado de NFT (US$2,5 bilhões já vendidos este ano), cartões de esportes (US$5 bilhões) e Global Fantasy Football (US$25 bilhões).

Nesta semana, a Sorare anunciou ter levantado US$ 680 milhões numa rodada de financiamento de Série B. Desta maneira, a empresa, que tem entre os investidores a brasileira Go4It Capital está agora avaliada em US$ 4.3 bilhões. Agora, a Sorare deseja expandir a atuação para novos esportes, com um escritório nos Estados Unidos, além de maior investimento em campanhas de marketing. Desde janeiro, foram negociados US$ 150 milhões em cartões digitais na plataforma. Existem atualmente 600 mil usuários cadastrados, dos quais 150 mil têm atuado no comércio de cards mensalmente.