Futebol

Pandemia faz Japão desistir do Mundial de Clubes e força FIFA buscar nova sede

País já adotou a mesma postura em relação ao Grande Prêmio de Fórmula 1 deste ano

Pandemia faz Japão desistir do Mundial de Clubes e força FIFA buscar nova sede
Campeão do Mundial de Clubes ficará com US$ 5 milhões

08 de setembro de 2021

1 minutos de Leitura

O Japão desistiu de mais um evento esportivo por conta da pandemia. Depois do Grande Prêmio de Fórmula 1, o país não será sede do Mundial de Clubes da FIFA em 2021, que seria realizado de 9 a 19 de dezembro. A decisão foi tomada por conta do aumento do número de casos de Covid-19 no território japonês.

A notícia foi dada pela agência japonesa Kyodo News. De acordo com a publicação, a probabilidade de prejuízo financeiro por conta da ausência de torcedores nos estádios também foi levada em consideração para a desistência. A FIFA chegou a cogitar permitir uma parcela reduzida de fãs nos estádios, mas o Japão era contra, adotando a mesma postura em relação aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos.

Agora, a FIFA busca uma nova casa para a disputa do torneio, uma vez que, a princípio, faltam apenas três meses para a data planejada. Segundo a Kyodo News, há também a possibilidade de mudança de data, caso a busca por um novo país anfitrião seja mais difícil do que o esperado.

O Japão não recebe o torneio desde 2016. Nos dois anos seguintes, o torneio foi realizado nos Emirados Árabes Unidos. Já em 2019 e 2020, o Catar foi sede da competição.

Compartilhe