Futebol

Conmebol pede à Fifa intervalo de 25 minutos nas finais da Libertadores e Sul-Americana

Entidade quer seguir modelo americano e ter espetáculo artístico durante o período

Conmebol pede à Fifa intervalo de 25 minutos nas finais da Libertadores e Sul-Americana

01 de outubro de 2021

2 minutos de Leitura

A CONMEBOL deseja se aproximar de um modelo de espetáculo característico de eventos como o Super Bowl e UEFA Champions League. Em carta enviada à Fifa, o presidente da entidade, Alejandro Domínguez, solicitou intervalos de 25 minutos (não o tradicional 15) nas finais da Libertadores e da Copa Sul-Americana. O evento de futebol americano é, inclusive, um modelo citado pelo mandatário.

Além de um maior descanso aos atletas, segundo a CONMEBOL, isso “permitiria um espetáculo artístico de alta qualidade aos torcedores presentes e aos que acompanham a transmissão televisiva, tal como acontece em outros esportes com excelente receptividades”.

Alejandro Domínguez cita ainda que “não se pode esquecer que, nessas partidas, que com frequência chegam aos 120 minutos ou à disputa de pênaltis, os jogadores estão submetidos a uma enorme exigência física e uma extrema tensão psicológica e emocional”.

No documento enviado à FIFA, a CONMEBOL deixou claro que as mudanças seriam apenas para as finais deste ano. Os duelos serviriam como um teste para observar a aceitação do público e a entrega do espetáculo como um todo.

A decisão da Copa Sul-Americana acontece no dia 20 de novembro, entre Red Bull Bragantino e Athletico. Já a da Libertadores, entre Flamengo e Palmeiras, será disputada uma semana depois, no dia 27. As duas partidas terão o Centenário de Montevidéu, no Uruguai, como palco.

Compartilhe