Indústria

Coca-Cola adquire controle total da Bodyarmor por US$ 5.6 bilhões

Marca agora busca ganhar ainda mais espaço em um mercado dominado pela Gatorade

Coca-Cola adquire controle total da Bodyarmor por US$ 5.6 bilhões

03 de novembro de 2021

2 minutos de Leitura

A Coca-Cola concluiu a compra da fabricante de bebidas esportivas Bodyarmor por US $ 5,6 bilhões. Esta foi a maior aquisição da história da marca de refrigerantes, superando a compra da Costa Coffee em 2018 por US $ 5.1 bilhões.

A Coca já havia comprado 15% na Bodyarmor em 2018, o que a colocou como a segunda maior acionista da bebida. Na época, Kobe Bryant aparecia logo em seguida como terceiro acionista depois de investir na Bodyarmor em 2013, apenas dois anos após sua fundação. Só o seu espólio vai receber mais de US$ 400 milhões na negociação. Bryant investiu US$ 6 milhões na BodyArmor e fazia parte do seu conselho de administração.

Com o negócio, a Coca-Cola espera ganhar espaço em um setor dominado pela Gatorade, da PepsiCo, que possui 70% do mercado. Ao posicionar-se como uma bebida esportiva mais saudável, a Bodyarmor ultrapassou o Powerade, da Coca-Cola, se tornando a segunda da categoria.

A BodyArmor fatura atualmente cerca de US$ 1.4 bilhão em vendas anuais no varejo e tem uma taxa de crescimento de 50%. O cofundador e presidente da empresa, Mike Repole, e o presidente Brent Hastie permanecerão na marca, que está diante da “demanda explosiva dos consumidores” por bebidas esportivas premium.

Compartilhe