Futebol

Por influência em decisões, torcedores poderão comprar ações do Manchester United

Clube colocará US$ 10 milhões em ações à disposição do Manchester United Trust

Por influência em decisões, torcedores poderão comprar ações do Manchester United

16 de novembro de 2021

2 minutos de Leitura

O estrago de imagem que a família Glazer causou ao tentar colocar o Manchester United na Superliga Europeia segue refletindo internamente. Desta vez, em uma tentativa de “reconciliação”, os proprietários confirmaram que estão finalizando um novo esquema que colocará os torcedores com um poder de decisão sem precedentes dentro do clube.

Segundo a Sky News, cerca de US$ 10 milhões em ações estarão à disposição do Manchester United Supporters Trust (MUST) para que eles tenham voz ativa nas decisões a serem tomadas futuramente. O negócio proposto ofereceria ações de fãs com direitos iguais de voto para a família Glazer, que possui as ações B do clube. Elas valem dez vezes o valor das ações A.

“Estamos em negociações avançadas com o MUST sobre um esquema de compartilhamento que abriria um caminho para os torcedores construírem, ao longo do tempo, uma participação acionária significativa no Manchester United. Isso daria à eles uma voz coletiva forte dentro de nossa estrutura e ajudaria a cimentar um novo espírito de parceria de longo prazo. Existem complexidades jurídicas e regulatórias significativas sendo trabalhadas”, destacou o clube.

O United disse que o esquema de compartilhamento foi sugerido por Joel Glazer, co-presidente do clube, durante um fórum de fãs em junho de 2020. Na reunião, Glazer disse que esperava que o grupo proprietário “reiniciasse o relacionamento com apoiadores para fortalecer o clube como um todo”.

Compartilhe