Atletas

Rebeca Andrade dará bandeirada final do GP de São Paulo de F1

A atleta se unirá a Pelé e Gisele Bündchen na lista de personalidades que deram bandeirada em Interlagos

Rebeca Andrade dará bandeirada final do GP de São Paulo de F1

05 de novembro de 2021

2 minutos de Leitura

Em alta no esporte e, também, no mercado publicitário, Rebeca Andrade, campeã olímpica de salto nos Jogos de Tóquio, e medalhista de ouro e prata no salto e nas barras assimétricas do Mundial de Kitakyushu no Japão, dará a bandeirada final no GP de São Paulo de Fórmula 1.

“Eu saí do meu corpo e voltei quando recebi o convite. Um sinal de respeito, uma homenagem às minhas vitórias. Eu nem consigo achar palavras para descrever o que estou sentindo. Nunca pensei que tivesse tantas oportunidades. Eu sempre lutei muito para me colocar como mulher e pela comunidade preta e usar bem esse ‘poder’ que o esporte me deu. Estou muito feliz”, disse a atleta.

Rebeca Andrade será a terceira personalidade a dar a bandeirada final. Antes dela também foram homenageados Gisele Bündchen, em 2004, e Pelé, em 2002.

“As coisas que ele fez, como se portava, como pensava. Eu me espelhei muito nele. Há duas frases dele que eu gosto bastante: ‘Se você quiser ser bem-sucedido tem que ter dedicação total. Buscar seu último limite e dar o seu melhor. É uma coisa que eu faço todos os dias porque é meu trabalho e porque eu quero inspirar outras pessoas. Mas também faço muito por mim. A outra é: ‘Seja você quem for, qual for a sua posição social que você tenha na vida, a mais alta ou a mais baixa, tenha sempre como meta muita força e muita determinação e sempre faça tudo com muita força e muita fé em deus, que algum dia você vai chegar lá’”. Eu me identifico muito com isso”, acrescentou Rebeca.

Em um curto espaço de tempo, Rebeca fechou diversos patrocínios, seguindo o mesmo sucesso da skatista Rayssa Leal. Entre promover produtos e ser garota-propaganda, a ginasta já fechou com a NeutroxHavaianasRiachueloVolvo, Lancôme e Vult.

Compartilhe