Indústria

Magnus Futsal fecha parceria e lançará NFT

A peça foi desenvolvida pelo Chargista Marangoni e representará os três títulos mundiais conquistados pelo time

Magnus Futsal fecha parceria e lançará NFT

17 de dezembro de 2021

3 minutos de Leitura

O Magnus Futsal fechou um acordo com a Ipiranga S/A, holding de negócios de tecnologia no esporte, para realizar o seu primeiro leilão de NFT. A peça foi desenvolvida pelo Chargista Marangoni e representará os três títulos mundiais conquistados pelo time em 2016, 2018 e 2019.

A iniciativa faz parte de uma série de colecionáveis que serão lançados pela empresa com o objetivo de proporcionar aos seus fãs a possibilidade de adquirir itens exclusivos da equipe e também faturar com a valorização dos seus ativos online. O NFT é um token não fungível e diferentemente das criptomoedas não são intercambiáveis, são exemplares únicos, obras de artes ou objetos raros que jamais serão substituídos.

“Aderir ao mundo dos NFT’s mantém o alinhamento do Magnus Futsal estar sempre em busca de inovação e pioneirismo dentro do futsal mundial. Mais do que uma nova fonte de receita, estamos criando valor para a nossa marca em ativos que estarão eternizados na rede e gerando um valor imensurável nos tempos de hoje. Quanto custará uma obra exclusiva da equipe jovem mais vitoriosa da história do futsal mundial daqui 100 anos? Os tokens eternizarão a nossa história e ainda permitem que exista um mercado financeiramente interessante”, disse o CEO do Magnus, Fellipe Drommond.

Outro importante parceiro da iniciativa é a Pronatura Internacional, ONG presente em mais de 62 países e que apoia projetos esportivos cujo respeito a sustentabilidade seja inerente.

“Apoiamos o Magnus Futsal pelo fato de serem um dos pioneiros na sua modalidade em implementação dos pilares de ESG no esporte e ainda mais agora, através da inovação e exploração de projetos via blockchain que certificam e validam universalmente suas ações cotidianas”, explica o advogado especialista em direito digital e representante em New York da Pro Natura Internacional, Jose Rozinei da Silva.

Para administrar e publicar a operação de NFT’s, o Magnus Futsal contará com a expertise da Ipiranga S/A, empresa que detém como um dos sócios majoritários o ex-jogador Paulo Jamelli e tem como missão revolucionar a gestão do esporte brasileiro através da tecnologia.

“A Ipiranga S/A é um projeto inovador que surge com a proposta de ser a primeira empresa híbrida do futebol brasileiro, reunindo um hub de tecnologia, e-sports, além de atuação no futebol tradicional. Estar ao lado do Magnus tem uma representatividade muito grande, pois eles são alinhados com todos os valores da Ipiranga S/A”, analisa Jamelli.

O leilão acontecerá na plataforma norte americana OpenSea, baseada em Nova Iorque e estará disponível para receber os primeiros lances à partir das 00h do dia 19 de dezembro de 2021.

Compartilhe