Flamengo aprova novo contrato de patrocínio com adidas até 2025

Rubro-Negro passa a faturar 35% por camisa do clube vendida

janeiro 18, 2022

Em votação realizada com os conselheiros do Flamengo na segunda-feira (17), o Flamengo aprovou novo contrato com a adidas. A marca alemã seguirá no uniforme rubro-negro até 2025.

O novo acordo é retroativo a 1º de maio de 2021, com o Flamengo ganhando valor de R$ 35 milhões para o período que irá até abril de 2022. O contrato prevê que o clube passe a faturar 35% por camisa de jogo vendida (anteriormente, variava de 10% a 14%). A expectativa é um incremento de mais R$ 35 milhões. Entre bônus, o de conquistar o Brasileiro é o maior: R$ 5.5 milhões.

Nesta nova fase, a adidas não terá direito a receber 8.5% sobre o valor dos acordos de patrocínio da camisa. As únicas propriedades mantidas foram o patrocínio máster e costa superior.

Outra novidade é que o Flamengo recuperou o direito de criar marca própria para linha casual, além de explorar sua loja oficial, incluindo as vendas online. Assim, o clube poderá arrecadar mais R$ 50 milhões por ano.

“Com este novo contrato, a adidas comprova, mais uma vez, a importância que dá à parceria com o Flamengo. O modelo de negócio que fechamos vai nos proporcionar, além de um aumento imediato no faturamento, abrir novas oportunidades que poderão acrescentar, no curto prazo, ainda mais receitas para o Flamengo”, celebrou Gustavo Oliveira, vice-presidente de Comunicação e Marketing rubro-negro.

“Prestes a completar uma década de parceria, celebramos o novo vínculo com o Flamengo como uma oportunidade para seguir vestindo a paixão da maior torcida do Brasil. Nosso objetivo é ofertar a maior variedade e qualidade de produtos, criando campanhas conectadas com os valores da marca e que demonstrem o sentimento de milhões de corações rubro-negros espalhados por todo o país”, destaca Daniela Valsani, diretora sênior de marca da adidas Brasil.