Futebol

Manchester City supera receitas do United pela primeira vez na história

O City arrecadou £ 569,8 milhões, enquanto o United obteve £ 494.1 milhões

13 jan, 2022

Finalista da Champions League e campeão da Premier League, o Manchester City lucrou £ 2,4 milhões na temporada 2020/21. No período, os gastos com salários chegaram a £ 354.69 milhões.

Na temporada anterior, com diversas barreiras impostas pela pandemia, o City teve prejuízo de £ 126 milhões.

“Está claro que os últimos dois anos trouxeram desafios que ninguém poderia prever. Mas graças à força de nosso trabalho e às conquistas coletivas de tantos na última década, todos podemos olhar para o futuro com confiança, sabendo que nossa trajetória continua firmemente alinhada com nossos planos”, disse Khaldoon al-Mubarak, presidente do Manchester City.

No entanto, pela primeira vez na história, as receitas do Manchester City superaram as do rival Manchester United. O City arrecadou £ 569.8 milhões, enquanto o United obteve £ 494.1 milhões.

A expectativa, por outro lado, é ficar atrás do rival nesta temporada, quando as receitas tendem a voltar ao normal. No campo das contratações, o lado azul de Manchester Foram contratou Jack Grealish, Scott Carson e o brasileiro Kayky. O time vendeu Jack Harrison, Ivan Ilic e Lukas Nmecha. O custo total dessas contratações foi de £ 79.8 milhões. Só o brasileiro custou cerca de £ 11 milhões (R$ 83,3 milhões).

Segundo relatório divulgado pelo clube, o Manchester City é hoje a quarta equipe mais valiosa do futebol europeu, atrás de Real Madrid, Barcelona e Manchester United. O time afirma que superou o Bayern de Munique.