Indústria

Direitos de transmissão internacionais superam os domésticos na Premier League

É a primeira vez que o mercado global superou os valores dos contratos fechados para o Reino Unido

Direitos de transmissão internacionais superam os domésticos na Premier League

11 de fevereiro de 2022

2 minutos de Leitura

A Premier League receberá mais dos direitos de transmissão do exterior do que do mercado doméstico. Segundo a liga, os direitos internacionais de transmissão valerão £ 5.3 bilhões para o período de 2022 a 2025. Por outro lado, internamente, os direitos foram vendidos por £ 5.1 bilhões. Para os ingleses, um total de £ 10,4 bilhões no próximo ciclo de broadcasting.

Para efeito comparativo, no ciclo atual, de 2019/2022, a arrecadação foi de £ 4.27 bilhões.

Em relação à outras ligas da Europa, há um abismo dos ingleses sobre os demais. A LaLiga, que está na segunda metade de um ciclo de cinco anos, figura em seguida com £ 3,7 bilhões. Para o mercado doméstico, o valor é de £ 2,9 bilhões para a LaLiga.

A Serie A, da Itália, está com um contrato de três anos no valor de £ 569 milhões, enquanto a Bundesliga possui valor semelhante mas a partir de um contrato de quatro anos. No Brasil, a Serie A está com o Grupo Disney, enquanto a Bundesliga é transmitida pelo OneFootball (streaming) e Band (tv aberta).

Voltando para a Premier League, há uma fatia que é dividida igualmente entre os clubes e outras que variam de acordo com posição na tabela e jogos na Tv. No total, eles ficaram com £ 2.45 bilhões. O Manchester City superou os demais: £ 153 milhões arrecadados. O Sheffield United, que ficou com a menor cota, recebeu £ 96,5 milhões.

O campeão da Premier League na temporada 2022/23 deve embolsar aproximadamente £ 176 milhões.

Compartilhe